Nancy Jimenez – “Heroínas de Angola”

A sede da União dos Escritores Angolanos (UEA) acolheu na última quinta-feira o lançamento de Heroínas de Angola, da escritora cubana Nancy Jimenez. A Embaixada de Cuba em Angola é quem edita o volume, que tem 58 páginas. Deolinda Rodrigues, Engrácia dos Santos, Teresa Afonso, Lucrécia Paím e Irene Cohen, os nomes femininos mais conhecidos nas crônicas angolanas da guerra de independência, tiveram suas trajetórias retomadas a partir de depoimentos que Nancy tomou de pessoas então próximas do quinteto guerrilheiro. Várias autoridades angolanas se fizeram presentes à cerimônia, bem como representantes de várias entidades [Organização Mulher Angolana (OMA), MPLA, Grupo de Mulheres Parlamentares, UNESCO, Assembleia Nacional], entre outros convidados.

2 comentários

  1. Reescrever a verdadeira historia da OMA implicará consultar algumas fundadoras ainda vivas como a esposa do Dr Eduardo Macedo dos Santos,Esposa Do DR Américo Boavida,do Miguel TRovoada e do DR Hugo José Azancot de Menezes.
    Só desta forma a partir do verdadeiro relato honesto destas verdadeira heroinas vivas se deveria tecer grandes elogios coerentes e sinceros sem contudo minimizar a importâncias das heroínas emblematizadas pelas correntes existentes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s