João Paulo Borges Coelho leva o Prêmio Leya

O historiador moçambicano de 54 anos leva o prêmio – e a “simbólica” soma de 100 mil euros) com seu romance “O olho de Hertzog“. O júri foi presidido por Manuel Alegre e contou ainda com Carlos Heitor Cony, José Carlos Seabra Pereira, Rita Chaves e Pepetela (Nuno Júdice e Lourenço Rosário, também escalados, não compareceram ao evento por razões de saúde). Sua obra romanesca compreende seis livros, todos publicados pela Editorial Caminho:

  • As Duas Sombras do Rio, 2003
  • As Visitas do Dr. Valdez, 2004
  • Índicos Indícios I. Setentrião, 2005
  • Índicos Indícios II. Meridião, 2005
  • Crónica da Rua 513.2, 2006
  • Campo de Trânsito, 2007
  • Hinyambaan, 2008

Além disso, João Paulo Borges Coelho publicou também duas histórias em quadrinhos, Akapwitchi Akaporo: Armas e Escravos e No Tempo do Farelahi (assinando apenas João Paulo).

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s